sábado, 9 de junho de 2012

Urubus...

Estamos todos crus,
prontos para sermos
devorados por
canibais.


Ofereça seu coração
e os urubus arrancarão
um pedaço de cada vez
até não sobrar uma
migalha.


Falta-me o pão
para alimentar
meus olhos famintos
por atenção.


Nada
nunca
fez
sentido
entre
razão
e
emoção.