quarta-feira, 18 de abril de 2012

Something about writing...

Nunca pensei que corrigir meu próprio texto em inglês fosse tarefa árdua. Sua escrita em uma língua estrangeira, às vezes, prega algumas peças. É impossível deixar de lado sua carga de conhecimentos e maneira de encarar o mundo adquiridas a partir de sua língua materna. Muitos dos meus erros são transposições erradas do pensamento escrito em português para o inglês. Há outra maneira de pensar em inglês - não que seja tremendamente diferente, mas, ainda assim, é uma maneira estrangeira. Adquirir esse estrangeirismo e fazê-lo parecer natural é um desafio empolgante quando você começa a perceber as pequenas mudanças que fazem com que você aprenda novos conceitos e viaje através do maravilhoso mundo das palavras - sejam elas maternas ou adquiridas em segundo plano.