sexta-feira, 27 de abril de 2012

Reflexão...

Fico indignada com essas pessoas que, valendo-se de uma força invisível por fazerem parte de grupinhos populares, discriminam e disseminam preconceitos em direção a pessoas que se expressam de maneira diferente. Não há nada pior do que a falta de respeito mútuo. É preciso ser tolerante e consciente de que fazemos parte de um mundo plural em que somos livres para sermos quem somos. Se dentro de uma instituição de ensino superior observamos barbáries praticadas por colegas contra outros colegas, o que podemos esperar do mundo lá fora? Discursos acadêmicos vindos desses “haters” são totalmente vazios de humanidade e insuportáveis de serem ouvidos.