sábado, 14 de abril de 2012

Espinhos...

Nem sempre há somente o perfume de rosas aqui. Cultivo espinhos também. É preciso manter-se em constante equilíbrio com as dores e as alegrias... Por que o que é a vida senão um caminhar descalços sobre pedras pontiagudas em uma desesperada tentativa de encontrar um momento de redenção?