segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Verão, por favor, vá embora!

Estou começando a ficar com medo de dias de sol. Nunca me senti tão mal por causa do calor. Acordo desanimada e com vontade de chorar ao sentir que a temperatura já está alta nas primeiras horas do dia. Parece que a cada ano o Verão está mais agressivo. Tudo o que eu queria era um pouco de frio; entrar em casa e não me sentir sufocada pelo ar quente que insiste em lá ficar durante todas as 24 horas do dia; poder dormir na minha cama com tranquilidade, sem estar pipocando pelos cômodos da casa para descobrir o canto mais fresco; queria poder soltar meus cabelos e arrumá-los do jeito que gosto, não prendê-los em um coque alto e sem estilo; queria poder respirar e não me sentir mergulhada em um lago de lava... Se o Inferno existe, o Verão é uma prova disso. Além de todo o calor abusivo, os insetos parecem se refestelar com as altas temperaturas e invadem nossas casas, impedindo-nos de deixarmos as janelas abertas durante a noite para que o ar ameno da madrugada traga um pouco de paz aos nossos corpos agonizantes de calor. Considero pessoas que gostam do Verão muito corajosas, eu, se pudesse escolher agora, estaria bem longe deste forno grande do sul! Estaria em um lugar fresquinho, alto, perto de áreas verdes e humanamente possível de se viver com tranquilidade e disposição... Naquele mesmo lugar onde deixei meu coração, aonde voltarei um dia para ficar e não mais voltar.