sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Navegando sobre o mar de nuvens brancas...

Acompanhada de minha mãe, a Sra. Clotilde, embarquei em um sonho de algodão. O mar branco logo se apresentou abaixo de nós, brilhando forte devido à luz solar. Os olhos deliravam encantados pelas fofas águas brancas. O contraste entre o azul do céu e aquele mar de imensidão branca fez meu coração palpitar e pequenas lágrimas de felicidade brotarem no canto das janelas de minh'alma.

Há anos sonhava com aquele momento outra vez... Com o despachar de malas, com a espera da sala de embarque, com a caminhada na passarela até o avião, com a velocidade até a subida e com a paz! A paz de estar acima dos ruídos da realidade do solo... A paz de se emocionar com a beleza das nuvens que se formam infinitas sob a superfície... A paz de voar, a paz de estar contente demais para poder pensar em outra coisa a não ser naquele momento glorioso nos céus, navegando sobre o mar de nuvens brancas...