sábado, 2 de julho de 2011

Sobre dizer adeus a você...

Bastou ver aquela foto para tudo se tornar vivo outra vez... Não que eu tenha esperança, isso eu já não tenho há muito tempo, mas fico me perguntando se ainda o amo... Talvez eu nunca deixe de amá-lo. Você foi algo intenso em minha imaginação. Para mim, você era real. No entanto, tudo não passava de delírios de uma jovem adolescente, mas é verdade aquilo que dizem: a gente nunca esquece nosso primeiro amor. Agora parece tão normal escrever sobre isso. Agora é tão fácil fechar os olhos e dizer adeus a sua lembrança.