sábado, 5 de fevereiro de 2011

De um sonho estranho...

Não cabe mais aqui...
Não cabe mais em mim...
A dor.
O amor.
O sonho.
A ilusão...
Morreram todos em mim.
Parar de voar...
É hora de correr.