terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Apenas tu...

Por que descrever-te meus versos se tu, apenas tu, és alheio ao que sinto?


Junie Nunes de Souza