sábado, 31 de julho de 2010

Não sou boa com números...

Bah, navegando pelo Orkut, deparei-me com uma comunidade que tem tudo a ver com uma estudante de Letras como eu:

"Não sou boa com números..."

Ao ler a descrição da comunidade, encantei-me com o texto que encontrei... Leia abaixo:



"Não sou boa com números, com frases feitas e com morais da história. Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável. Almejo o quase impossível. Meu coração é livre, mesmo amando tanto. Tenho um ritmo que me complica. Uma vontade que não passa. Uma palavra que nunca dorme. Quer um bom desafio? Experimente gostar de mim. Não sou fácil. Não coleciono inimigos. Quase nunca estou pra ninguém. Mudo de  humor conforme a lua. Me irrito fácil. Me desinteresso à toa. Tenho o desassossego dentro da bolsa. E um par de asas que nunca deixo. Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo. E, sem saber, busco respostas que não encontro aqui.  Ontem, eu perdi um sonho. E acordei chorando, logo eu que adoro sorrir. Mas não tem nada, não. Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem, na verdade, a gente é!"

Para mim, o texto é de muito bom gosto e parece que foi feito para jovens que, como eu, são princesas modernas! Então, vamos aos créditos! O texto é de autoria de Fernanda Mello... Pesquisando mais um pouquinho, descobri que ela é publicitária, compositora e escritora! Aliás, ela lançou seu primeiro livro de crônicas e poesias, Princesa de Rua, que está à venda pelo blog Livro Princesa de Rua... Às interessadas, uma visitinha aos espaços virtuais da moça de Belo Horizonte será um passeio inesquecível em meio a palavras que falam diretamente com nossos sentimentos!



sábado, 24 de julho de 2010

Deus colocou anjos em meu caminho...

"Antes de publicar este texto aqui, enviei-o para o meu anjo da guarda, Clotilde, e para o meu anjo da iluminação, Celeste... Dedico também este texto a todas as pessoas (pais, professores e amigos) que fizeram parte direta ou indiretamente da minha caminhada e, especialmente, aos alunos da turma 32 da E.M.E.F. Raymundo Scherer...

Para os meus anjos... 

Sou professora. Hoje me orgulho de dizer isso. Uma professora nota A segundo minhas supervisoras, mas o que isso importa realmente? Ontem descobri. Tantos olhinhos cheios de lágrimas, tantos prantos com o mesmo pedido... "Prô, fica... Por favor, não vai embora!" Com o coração partido tive de reafirmar a realidade que eles já conheciam, com o coração partido e a maquiagem borrada por tantas lágrimas minhas conheci outra parte de mim... Uma parte que eu lutei incessantemente para destruir, mas que foi mais forte, pois era a melhor que eu tinha, pois era a mais sublime, a mais iluminada, a que conseguiu conquistar uma turma de 28 crianças... 

Pedi a Deus que me desse FORÇA para continuar, pois muitas vezes quis desistir. Deus atendeu minhas preces, pois em minha vida colocou anjos para me iluminar e me auxiliar em tudo o que eu precisasse... O restante era comigo. Fiz o melhor que o meu coração permitiu que eu fizesse. O resultado oficial recebi ontem: o mais puro AMOR... 

Nunca imaginei que aquela seria a reação das crianças... Último dia de aula, festa de despedida, as férias chegando, mas por que as crianças daquela prô estavam aos prantos? Até os mais resistentes, os que me deram mais trabalho durante o período de estágio não resistiram: os olhos úmidos, pouco a pouco, deixaram escorrer pequenas gotas que foram se transformando em pranto... Isso, novamente, me fez lembrar de Deus... "Os que mais são difíceis de amar, são os que mais precisam de amor..." Ontem tive a resposta para todas as minhas dúvidas, para todos os meus medos... Não há no mundo profissão mais bonita, mais dificultosa, mais desafiadora... Educação é um vício, o melhor deles... O que era incerteza virou força e ânimo para continuar. Vem aí mais quatro anos de estudo e aprimoramento: LETRAS. É o que eu quero e não importa que as pessoas digam que eu poderia fazer qualquer coisa... Nunca fui tão amada em toda a minha vida... E o amor é o melhor que eu poderia receber... 

Só agora entendo a família que Deus me presenteou. Somos uma família de professores. É, agora faço parte dela... Para encontrar meu caminho, tive de sofrer um pouco... Mas Deus é sempre justo, coloca apenas em nossa caminhada aquilo que podemos suportar para percebermos que já estamos prontos para mudar, para crescer, para nos tornarmos mais fortes. 

Hoje estou muito feliz e gostaria de compartilhar este texto com você, pois é você um dos anjos que Deus colocou em minha vida. 

Obrigada por todo carinho, aprendizagem e confiança! Sua presença sempre me incentivou a prosseguir. Tenho certeza que agora sou uma pessoa mais forte, capaz de enfrentar as minhas dúvidas e medos sem desistir dos meus objetivos. 

Com muito amor
Junie.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Onde estão as lagartixas da minha janela?

Não, as lagartixas não apareceram hoje. Está chovendo demais, está triste demais... Não há comida para elas em dias assim.

domingo, 18 de julho de 2010

LETRISTAS

Eu vou...

E você?

Mais EGEL:

terça-feira, 13 de julho de 2010

De um e-mail...

Sessão de fotos para a formatura do Curso Normal (4 anos e meio)

A VIRGINIANA...

Perfeccionista, dominante em relações, conservadora, quer ter sempre a última palavra, argumentativa, preocupada, muito INTELIGENTE, ANTIPATIZA COM BARULHO E CAOS, ANSIOSA, trabalhadora, leal, fácil de falar (???), DIFÍCIL DE AGRADAR, severa, prática e muito exigente, frequentemente tímida e pessimista.

Não sei quem escreveu isso, mas foi para mim. ;D/ 

* Não vai desistir mesmo assim?

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Ágape...

Acho que para os que conhecerem o significado do título, este post irá fazer total sentido... Aos que não compreenderem, sugiro uma boa leitura de O Diário de um Mago, do fabuloso escritor Paulo Coelho. 

Não sabia o que era aquele sentimento de que tudo é possível, de que não há limites para a felicidade e desconhecia de onde surgia aquele entusiasmo todo... Descobri que se tratava de Ágape. Isso me deu uma força maior ainda diante de tal fenômeno aleatório. 

Tive uma semana estranha, agitada... Estou quase no fim dela. Descobri algumas coisas e presenciei outras inexplicáveis...

* Descobri que...

Não se pode acreditar em juras de amor entre adolescentes... A explosão de emoções da idade não permite um julgamento sensato daquilo que realmente se sente. Além disso, fala sério! A ideia de amor é linda, mas as relações não se constroem apenas com sentimentos. Há interesses mútuos que devem ser correspondidos para que a continuidade do enlace não se desfaça no primeiro impacto da vida de divergências de um casal.

A fé realmente move montanhas! E como é lindo ver alguém iluminado ou ler as palavras de quem vive sua fé e luta pela edificação da alma. Existem tantos mistérios no mundo. Existem pessoas que buscam as respostas. Existem pessoas que vivem sua existência de forma plena. É incrível perceber que tudo isso toca o meu ser de uma forma inexplicável, ainda há esperança...

* Presenciei...

O fim de uma linda relação (ao meu ver)... Foi tão estranho presenciar isso. Sempre acreditei em contos de fada... E achava que era possível vivê-los na realidade também... Porém, acabou de uma maneira tão fútil e sem emoção... Só provou que o príncipe encantado não era nada especial, apenas mais um adolescente efêmero desta geração. Calma, pessoal! Não foi comigo a história... Ainda estou longe de viver as sensações do "amor".

Um filme que, definitivamente, não retrata a realidade e que vai além da minha imaginação...

Enfim, hoje me pego suspirando e com o ritmo cardíaco acelerado... Ai! Não!!! Não quero me enganar mais uma vez, um amor platônico desastrado já basta. A dica da minha melhor amiga: esqueça o passado... Vou tentar. É sério dessa vez. Não quero sentir mais nada que não seja real, que me impeça de viver...

Este post é um presente para a minha melhor amiga... Espero que ela entenda as razões dessas palavras soltas!

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Brilhe!!!

"Você é um bom soldado
Escolhendo suas batalhas
Levante-se
Sacuda a poeira
E volte ao caminho
Você está na linha de frente
Todos estão assistindo
Você sabe que é sério
Estamos nos aproximando
Ainda não é o fim

A pressão aumenta, você a sente
Mas você tem o que precisa, acredite

Quando você cair, levante!
E se você cair, levante!

Ouça a seu Deus
Este é o nosso lema
É a sua hora de brilhar
Não espere na fila
As pessoas estão aumentando suas expectativas
Vá em frente e as sinta
Este é o seu momento
Sem hesitação

Hoje é o seu dia, eu sinto
Você preparou o caminho, acredite

Se você desanimar, levante!
Quando você desanimar, levante!"


* Tradução da parte em inglês de "Waka Waka", da Shakira e um grupo sul-africano. Tive de postar essa letra, pois é tão significativa para mim e cheia de mensagens  incentivadoras.