quarta-feira, 16 de junho de 2010

"E quando ela passa pelo goleiro..."

Não sei mais o que pensar... Acho que é apenas uma válvula de escape. Não é união nacional, é uma grande comoção sentida por todas as classes, capaz de unir diferentes pessoas em torno de imagens que se desenrolam de quatro em quatro anos e despertam sentimentos nobres de patriotismo nas pessoas.

Para mim, a Copa do Mundo é diversão. Um momento de aproveitar o tempo, as cores e o entusiasmo para preencher as horas do dia. Quando os jogos acabarem, uma etapa bem difícil da minha vida estará cumprida - se Deus quiser! Então, poderei sorrir de verdade, escrever como antes e viver a vida como nunca a vivi antes!

Estou torcendo pelo Brasil. Estou torcendo que este clima de alegria pintada de verde e amarelo perdure por mais tempo, pois o brasileiro tem o direito de ser feliz, de disfarçar os problemas diários ao som das vuvuzelas africanas e inebriar-se a cada bola que entra no gol para fazer história - pode não ser a história perfeita, mas é a história de um país em desenvolvimento que entra em cena mundial. Desenvolvimento de gêneros, cores, ritmos, opiniões e VIDA através de um esporte - o futebol!